Briefing para estande: o que considerar na hora de montar o seu?

Estande Liebherr 2017

 

Seu espaço numa feira ou exposição já foi garantido e, agora, é hora de decidir como será o estande. E, como o que você deseja é que ele possa representar fisicamente – e da melhor maneira possível – o conceito do seu produto ou serviço, nada como levar em consideração cada um daqueles aspectos que podem fazer toda a diferença nesse ambiente, não é mesmo?

Então, para tornar ainda mais efetiva a comunicação entre você e a empresa especializada nesse tipo de montagem, que tal conferir quais são as informações que não podem faltar no seu briefing? Afinal, quanto mais o seu fornecedor souber a respeito do seu estande, mais efetiva será a elaboração de um projeto verdadeiramente alinhado à sua estratégia de negócio!

Qual o seu objetivo com esse estande?

Por meio desses dados, a empresa poderá compreender melhor a sua necessidade. Por exemplo: você precisará de um espaço para reunião, de um lounge com bistrô para conversar com o seu cliente, de uma sala fechada, de um depósito e/ou de uma vitrine para colocar seu produto em destaque? Neste caso, qual a medida e a quantidade de produtos a serem expostos? Para essa exposição, é mais apropriado um balcão-vitrine, uma vitrine fechada, uma vitrine aberta ou uma prateleira de mão francesa?

Produtos como mesa(s) com cadeiras, ar-condicionado, balcão e balcão-armário para salas vip também devem ser assinalados, da mesma forma como o mobiliário para show room e/ou área de convivência (banquetas, poltronas, televisor, etc.). Já para um depósito, é preciso definir se haverá ou não a necessidade de um frigobar ou de uma geladeira, de armário ou prateleiras, assim como de uma pia ou de quaisquer outros itens.

Qual o local e a data do seu evento?

Embora essas sejam informações aparentemente “óbvias”, muitas vezes esse “detalhe” chegar a nos passar despercebido na hora de enviar a solicitação para a empresa fornecedora. Com tanta coisa em mente, fica fácil entender quando algo assim nos escapa. Porém, para que a empresa avalie se tem ou não condições de atender a essa demanda, esses dados dão cruciais!

Qual o tipo de estande e as suas especificidades? E quanto ao tamanho e formato da área locada?

Aqui, estamos falando de um estande grande, médio ou pequeno? Do tipo construído, misto ou sistema de montagem? Com teto aberto ou fechado? Você gostaria de algo convencional, temático, mais sofisticado, com ares futurísticos, ou de uma versão sustentável? O piso será de vidro, forração, MDF, decorflex, carpete de madeira?

Além disso, de qual altura estamos tratando: 2,20 m, 2,70 m, 3,20 m ou 4,40 m? E quanto a largura e profundidade?

Outra informação considerada obrigatória é o formato do seu estande: será um box, uma esquina, uma ilha, uma ponta de ilha ou um túnel?

Você tem referências/modelos de outros estandes para passar? E mais: o que é que você não quer?

Na hora de definir seu estande, não resta dúvida de que pesquisar algumas referências auxilia bastante em todo o processo. Isto sem contar que especificar aquilo que você não quer (até mesmo aquelas informações que não parecem tão relevantes assim) também ajuda muito no trabalho da equipe de criação, pois estabelece limites para a elaboração desse espaço.

Compartilhe o regulamento da feira

Cada feira ou evento tem o seu próprio regulamento. E, para que não haja qualquer mal-entendido na confecção e montagem do seu estande, é fundamental que esse regulamento seja compartilhado com a empresa especializada.

Cada promotora trabalha com uma altura limite, assim como com um limite para a transparência do estande, entre outras especificações. Em alguns espaços, por exemplo, a proibição fica por conta de estruturas aéreas. Logo, de posse do regulamento, a empresa fornecedora consegue propor sugestões que não impactem nas normas já estabelecidas para o evento.

Agora sim: todas essas informações já estão devidamente registradas na sua mensagem?
Então, hora de enviar o seu briefing completo e aguardar que o seu estande seja nada menos que um grande sucesso!

O que você achou deste artigo? Comente!